Arquivo da categoria: Uncategorized

Funny moments (Spider version)

Não tenho muito o que postar, então resolvi deleitar vocês com uma das minhas cenas favoritas do meu desenho xodó do momento: Ultimate Spider-Man. Imagem“Ah, não tem tempo pra postar, mas tem pra olhar desenho, né?”

É isso aí. Conforme-se!

Brincadeira! Logo, logo eu apareço com um post novo. ;D

Anúncios

Mudança

Talvez eu esteja sendo um pouco apressada em fazer uma mudança de blog, mas mudança é uma das palavras que mais faz parte da minha rotina. Gosto de procurar novos ares (mesmo que esses ares sejam virtuais), explorar novas coisas e ver até onde vai minha capacidade.

Eu sei que mudar pode ser ruim também. Especialmente quando implica em largar uma coisa não terminada para começar outra. Porém, tem vezes que não dá para forçar a barra, ou que sai é algo totalmente sem graça, sem vida, completamente monótono.

Além disso, eu sou o que vocês podem chamar de A metamorfose ambulante. Tem coisas que escrevi neste blog que hoje em dia já não condizem com minha opinião.

O mundo muda, eu mudo. E tudo acontece tão depressa. Tem vezes que é difícil acompanhar, mas eu gosto disso. Gosto de me sentir desafiada, mesmo que às vezes minha vida não pareça ser lá muita desafiadora.

Bom, chega de blá, blá. Eu só queria vir aqui para falar da mudança de blog e acabei entrando em algo completamente filosófico. Vou começar a escrever no http://desrascunhado.wordpress.com/Desracunhado é um termo que inventei, mas não entrarei nesse ponto aqui.

 

Até mais!

Oioi!

Eu sei que, talvez, vocês esperam um posicionamento meu em relação aos manifestos. Vocês terão. Essa semana está muito conturbada e eu não sou muito boa de conciliar as coisas, especialmente com essa gripe que toma conta de mim!

Já tenho todo um texto pronto na minha mente, mas estou com dificuldade para colocar ele no papel. Para ser sincera, estou com dificuldade de colocar qualquer coisa no papel! Acho que está na hora de fazer uma visita no meu neurologista e pedir alguns exames para ele, haha.

Enfim, antes que Zod invada a Terra eu volto a postar para vocês!

:D

Etiquetado , ,

Nota

Gente amiga,

Eu sei que estou com o blog desatualizado faz um mês. Acabei passando por umas mudanças na minha vida (psicologicamente falando) e estou rodeada de trabalhos da faculdade. Mas não pensem que eu abandonei isso aqui não! Muito pelo contrário! Eu ainda pretendo voltar com tudo! Apenas preciso de tempo para me organizar e conseguir a inspiração que eu tenho para escrever.

Em breve estarei aqui!

;D

Por que as pessoas não andam?

Ontem eu aproveitei uma folguinha e fui ao shopping no centro de São Leopoldo (super recomendo o centro daqui, só que não) para poder ver “Detona Ralph”.

Adorei o filme. Ele é super fofo e nostálgico, mas a melhor parte dele são todas as criancinhas rindo no cinema!

Peguei a seção das 16h e quando o filme acabou o shopping estava mais cheio que formigueiro. Quando estou em lugares lotados, eu me estresso muito fácil. Tem vezes que acho vou ter uma convulsão, de tão ruim que fica o meu humor.

A questão de lugares cheios é que as pessoas não te dão licença. Andam como uma tartaruga na tua frente, como se não tivesse ninguém atrás dela. E a escada rolante então? O que as pessoas não sabem sobre elas, é que essas escadas servem para dar impulsão para você ir mais rápido (desculpa, essa é a minha concepção de escada rolante), mas se você quiser ficar parado, tranqüilo. Eu também faço isso. O problema é que extrema falta de educação ocupar os dois lados da escada! Casais de namorados fazem muito isso… Ficam de mãozinhas dadas um do lado do outro. Eu sempre rezo para que no final da escada eles tropecem e caiam de boca.

Para piorar meu dia, eu ainda tive que passar no supermercado para abastecer a minha despensa lá em casa. Naquela hora, vocês já podem imaginar: pessoas com os carrinhos de compra para lá e para cá, não olhando para onde vão, ocupando mais espaço do que deveriam, crianças chorando porque os pais não dão o que elas querem. Enfim…

Mas eu não posso reclamar muito, eu não sou um exemplo de boa educação sempre que eu saio. Ainda mais quando estou nervosa, então eu nem penso muito no que eu faço.

Saí do shopping e fui pegar um ônibus para voltar pra casa; sempre andando rápido, sem olhar muito para frente e desviando das pessoas que caminhavam devagar na minha frente, como um personagem de videogame desvia dos obstáculos (menos 10 pontos se pisar na poça da água).

Quando cheguei na parada havia um ônibus estacionado e um monte de gente entrando. Pedia licença para poder ver que ônibus era aquele, mas mesmo assim estava difícil. Optei pela opção mais fácil: pulei o banco da parada e fiz a volta para poder ver a placa do ônibus.  Não seria mais fácil ter perguntado que ônibus era? Sim, em uma situação normal seria, mas naquela hora eu estava tão estressada, tão nervosa que minha boca tremia e eu mal conseguia respirar, muito menos falar.

Não sei. Talvez a vida no centro da cidade grande não seja para mim. Eu gosto de ir ao cinema, é um dos meus passatempos prediletos e também gosto de fazer compras (quando estou desacompanhada), mas ter que, em troca disso, suportar toda essa poluição visual e sonora, toda essa gente, todos esses carros? Não, muito obrigada!

Prefiro o lugar onde eu moro, longe do centro. Tem muito verde, lugar pra tomar chimarrão a tardinha, da para respirar sem se sufocar e tenho meus amigos por perto.

No fim do dia eu estava me sentindo como o Ralph, querendo detonar tudo.

OBS: Uma senhora disse para eu não ter tanta pressa e apreciar a beleza da cidade. Não sabia se ria da cara dela ou se mostrava a língua. Sorri e sai caminhando rápido.

Etiquetado , , , , , , , , , ,

Meu blog é neutro em carbono

Eu não sabia dessa, mas segundo o Gesto Verde, um blog produz mais 3 kg de dióxido de carbono por ano. Isso porque para acessar um blog (ou site) o leitor usa tablets, computadores, notebooks e isso tudo gera queima de energia, que causa o dióxido de carbono.

Este selo ajuda a amenizar essa situação, já que para cada blog que tiver esse selo, uma árvore é plantada.

Segundo o site, o objetivo é plantar 500 árvores nativas do Brasil. Por isso entrei nessa campanha; o pouco que podemos ajudar já é grande coisa. ;D


Guiato

Etiquetado , ,